19 de nov de 2010

A Dignidade de um Título

É comum ver um palestrante, pregador, ser apresentado com esta frase brilhante: "Ele é um verdadeiro homem de Deus." Muitas vezes me questiono sobre o que devo pensar quando alguém é descrito ou apresentado desta forma, com tanta nobreza. Após a preleção teremos uma medalha de classificação para o pregador e demais obreiros, e quem se saiu melhor naquela noite? Penso sempre que estamos colocando esta pessoa num pedestal, quem sabe até, motivando uma queda. O que significa realmente ser um homem ou uma mulher de Deus? Nos tempos da Bíblia era comum um homem de Deus receber um título de profeta. Essa palavra, "profeta" aparece 73 vezes na Palavra de Deus para descrever pessoas como Moisés, Elias e outros. Era o título dado ao representante do Altíssimo.
O livro de 2 Reis 4 relata o caso de uma mulher sunamita que observava o profeta Elias. Ela disse ao seu marido: "Vejo que este que passa sempre por nós é um santo homem de Deus."(v.9) Ela se referiu a ele como "santo", o que pode indicar que ela percebeu ser ele, não apenas um homem de Deus, mas também, um homem piedoso e temente. Em I Pedro 1:13-16, o apóstolo nos exorta à santidade, em tudo! nos conclama a sermos reflexos da santidade de Deus. Talvez jamais sejamos condecorados pelo irmão do lado, ou por esta ou aquela irmã do círculo de oração, com o título honroso de "porta-vozes" de Deus, mas devemos ser santos, pois este é um título digno de recebimento. 
Seja qual for o título, cargo ou função que você exerça na casa de Deus, exerça com diligência este chamado! Glorifique a Deus todos os dias por tê-lo chamado, por confiar a você algo. Não se preocupe se os outros não te vêem ou fingem não te ver e te chamar pelo mesmo "título" que Deus te chama. Quem te chamou primeiro foi Deus, depois vieram os homens.... fique então com a primeira opção!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em Destaque

Ele precisa ser INCRÍVEL!!

Li estas palavras no site de uma jovem: "Eu quero ser amada, e ele precisa ser incrível!" Achei interessante a expectativa de...