18 de set de 2011

"Eles Também Precisam da Graça do Pai"


A Campanha deste ano trata mais especificamente da realidade dos povos islâmicos. Com seu espantoso crescimento, hoje os muçulmanos já são quase 1 bilhão e 600 milhões em todo o mundo; na América Latina e até mesmo no Brasil o número aumenta a cada ano. Precisamos entender quem são os muçulmanos e conhecer a sua religião. Devemos amá-los e empreender todos os esforços para que eles também sejam alcançados pela Graça do Pai.
A Junta de Missões Mundiais deseja contribuir para que as igrejas do Brasil entendam o que é o islamismo e tenham uma visão real e sem preconceitos de quem são os muçulmanos. Atualmente, estes têm sido visto por muitos países e sido tratados pela mídia com preconceito e até rejeição.
Queremos, contudo que os crentes brasileiros percebam as necessidades espirituais dos seguidores do Islã e os vejam como alvos do amor de Deus, por quem Jesus também morreu e que também precisam ser alcançados pela Graça do Pai.
Entendendo o Tema:
O tema é um todo. As palavras, as imagens do cartaz e o versículo bíblico, tudo se junta para formar a ideia e o objetivo de uma Campanha Missionária.
“Eles”: Refere-se aos povos não alcançados, os quais estão retratados na identidade visual.
“Também”: Expressa uma condição de equivalência, de inclusão. Sendo assim, o que se pretende é que as pessoas nas igrejas façam uma reflexão do tipo: “Os outros (eles) também precisam e têm o direito de conhecer a graça que eu já conheço”.
“Precisam”: Os povos não-alcançados (incluindo os muçulmanos) vão perecer se não conhecerem a Jesus.
“Graça”: Sentimento e ação inexistentes ou não enfatizados nas religiões não-cristãs, inclusive no islamismo. Queremos que os crentes entendam que os povos não-alcançados carecem do favor de Deus e que devemos alcançá-los com essa graça.
“Pai”: Para os muçulmanos Allah é conhecido por 99 adjetivos, menos um:Pai. A ideia é enfatizar esse fato logo no tema e despertar na mente do nosso povo um sentimento positivo em relação a essa realidade.

"Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens."
(Tito 2:11)

Fonte: www.elestambemprecisam.org.br

13 de set de 2011

A Escolha é Sua


Ninguém pode fazer com que você creia. A escolha é sua e somente sua. Os seus pais não podem decidir por você, nem os seus amigos mais íntimos. Um líder de igreja ou um evangelista não tem poder para forçar uma decisão que tem que vir do fundo do seu coração.
Crer em Jesus é mais do que simplesmente reconhecer em sua mente a verdade de que Ele é o Salvador, o Filho de Deus que nasceu de uma virgem, viveu sem pecado, morreu como um sacrifício pelos nossos pecados e ressuscitou triunfante do túmulo. Crer envolve confiar as nossas almas e vidas ao Senhor Jesus Cristo. Isto acontece quando aceitamos o dom gratuito da salvação, de Deus (Efésios 2:8-9). Para recebê-lo, devemos admitir os nossos pecados e dizer-Lhe que necessitamos e queremos o Seu perdão e a nova vida espiritual que Ele oferece.
Dê este passo de fé, um passo baseado numa boa razão, e diga a Deus que você crê no Seu Filho. Diga-lhe que quer a salvação que Ele oferece, e que agora você O reconhece como o seu Salvador e Senhor.
Se você quer saber mais sobre esta pessoa chamada Jesus, procure uma Bíblia e leia um relato de um dos Evangelhos do Novo Testamento, sobre a Sua vida (como o Evangelho de João). Veja você mesmo(a) o que diz a Seu respeito, o que as pessoas pensavam Dele, quem Ele dizia ser, o que fez na terra e o que Ele pode fazer por você.

"Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim." -Jesus.
(João 14:6)

Postagem em Destaque

Ele precisa ser INCRÍVEL!!

Li estas palavras no site de uma jovem: "Eu quero ser amada, e ele precisa ser incrível!" Achei interessante a expectativa de...