20 de abr de 2012

Identidade em Cristo Jesus

Meditando e estudado a Palavra de Deus, que será pregada na vigília de hoje a noite, comecei a lembrar de quando e como o Senhor me chamou para a obra missionária e para pregar a Sua Palavra. Ainda me lembro e posso sentir o impacto que causou em mim a palavra "Preletora", quando num culto de domingo à noite (em 1995), tive minha primeira oportunidade (oficialmente) para levar a Mensagem Divina. Nunca alguém me chamara assim... instantaneamente  senti-me diferente, amada e conhecida. ELE percebera algo em mim, validou e valorizou algo profundamente verdadeiro à meu respeito. 
Talvez tenha sido isso que Simão sentiu quando Jesus trocou o seu nome. Após André ter se convencido que Jesus era o Messias, imediatamente encontrou seu irmão Simão e o levou até Jesus (João 1:41-42). Jesus olhou pra dentro dele, validou e valorizou algo profundamente verdadeiro a respeito de Simão. Com certeza, Jesus também viu o fracasso e a natureza impetuosa que lhe causariam problemas. Contudo, mais que os defeitos, ELE viu o potencial de Simão para tornar-se um líder na igreja. Jesus chamou-o Cefas (Pedro, em aramaico), uma rocha (João 1:42; Mateus 16:18). 
Assim ocorre conosco. Deus vê todo nosso orgulho, raiva, faltas, todo nosso "lixo humano", mas também sabe quem somos em Cristo. ELE nos chama justificados e reconciliados (Romanos 5:9-10); perdoados, santos e amados (Colossenses 2:13; 3:12); escolhidos e fiéis (Apocalipse 17:14). Temos que nos lembrar sempre disso! Não importa quantas palavras, apelidos e acusações o adversário e seus comandados usem para lhe definir, lembre-se de como Deus o vê e permita que isso o defina. Não deixe que ninguém roube a sua identidade em Cristo Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em Destaque

Ele precisa ser INCRÍVEL!!

Li estas palavras no site de uma jovem: "Eu quero ser amada, e ele precisa ser incrível!" Achei interessante a expectativa de...