27 de mar de 2013

Me Gastarei e Ainda Me Deixarei Gastar...

Para a conversão, leva-se apenas um instante, mas transformação envolve toda a vida. Quando se viaja para outro país, é praxe trocarmos os nossos reais por dólares e até os dólares pela moeda do país que iremos visitar, facilita muito e podemos pagar as despesas com mais tranquilidade. Quando nos convertemos, nossas vidas são como a moeda que trocamos, nossos valores são mudados e com a mesma intensidade de antes. Trocamos nossa vida antiga por uma nova e depositamos nessa nova vida todas as nossas expectativas e começamos a investir nela. Ao invés de nos cansarmos pelas causas deste mundo e sua banalização ao que é correto aos olhos de Deus e bom para nós, podemos começar a desgastar-nos pela causa de Jesus Cristo.
O apóstolo Paulo exemplifica essa diferença. Após sua conversão no caminho de Damasco (Atos 9). Naquele instante, em que caía do cavalo, sua vida antiga também caía por terra! Ele a partir dali começou uma nova vida, sendo radicalmente um novo homem. Em vez de perseguir cristãos para matar, ele agora buscava os não-cristãos para falar-lhes do amor de Jesus e oferecer a Sua salvação. Paulo investiu, entregou e ofereceu o resto de sua vida à serviço do Reino e edificação de seus filhos espirituais. Para a igreja de Corinto ele escreveu: "Eu de boa vontade me gastarei e ainda me deixarei gastar em prol da vossa alma" (2 Coríntios 12:15).
A conversão vai muito além de mudar o nosso destino final. É a mudança do investimento diário de nossas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em Destaque

Ele precisa ser INCRÍVEL!!

Li estas palavras no site de uma jovem: "Eu quero ser amada, e ele precisa ser incrível!" Achei interessante a expectativa de...